12 coisas que você não deve fazer na internet

12 coisas que você não deve fazer na internet

Todos nós sabemos que existem vários riscos ao navegar na Web, desde o acesso à informações pessoais quanto a falsificação e furto de cartões de créditos. Porém muitas pessoas ainda não tem a noção de que pode fazer para se precaver quanto à essas pessoas que usam a internet para levar vantagens em cima dos outros. Portanto, abaixo está uma lista com 12 coisas que não se deve fazer na internet.

1 – Não compre de sites desconhecidos

Erro: Você se depara com um site desconhecido oferecendo produtos com super descontos e acha que vai se dar bem fazendo um negoçião. Você faz a compra e nem pára pra pensar que você não conhece a empresa você acabou de fechar um negócio.

Dica: Nas compras online, procure optar por produtos oferecidos por lojas virtuais já conhecidas e mais confiáveis. Desde o momento em que esteja enviando informações pessoais e financeiras, você deve ter certeza de estar enviando tais informações em uma conexão segura. É recomendado que você tenha um cartão de crédito separado somente para compras online, permitindo um controle maior sobre suas compras e evitar fraudes.

2 – Não faça transações financeiras em computadores públicos

Erro: Fazer qualquer procedimento relacionado à dados sigilosos ou senhas em computadores públicos (como lan houses por exemplo) é pedir pra arrumar dor de cabeça. Nesses casos existe a possibilidade de você esquecer de sair de alguma conta ou acabar deixando alguma informação no computador que possa comprometer sua segurança. Sem contar que sempre há a chance de alguém estar olhando por cima de seus ombros enquanto você faz alguma transação financeira.

Dica: Além de não fazer qualquer tipo de acesso a serviços de bancos online em computadores públicos, você não deve acessar nada que requeira informações de cartão de crédito. Tente também criar o hábito, nesses locais públicos, de apagar as informações que o navegador armazena de todo o seu acesso à internet.

3 – Não seja trouxa!

Erro: Você recebe aqueles e-mail do tipo: “Você ganhou na loteria!”, “Você já viu as novas fotos da Gisele Bündchen pelada?”, alguém dizendo que vai te matar, banco pedindo atualização de informações porque há algo errado em sua conta, etc…  Tais e-mails são na grande maioria das vezes de alguém tentando te passar a perna (como já mostramos aqui no blog).

Dica: Esteja sempre com pé atrás sobre tudo vem da internet. Assim como dinheiro não cai do céu, ele também não aparece de repente na sua caixa de e-mail. Não perca tempo e não corra o risco lendo mensagens de desconhecidos, apague todas.

4 – Não abra anexos de estranhos

Erro: Abrir arquivos, anexados ao e-mail, de pessoas que você nem conhece, mesmo que pareça ser confiável. Na maioria das vezes pode ser VÍRUS.

Dica: Não abra anexos de e-mail, ao menos que você tenha requisitado algo de alguém que você conheça. Se por acaso alguma empresa, banco ou orgão público te mandar alguma notificação por e-mail, NÃO siga as instruções presentes no e-mail. Certifique-se sobre a veracidade da mensagem, entrando em contato por telefone e verificando o que está acontecendo.

5 – Não clique em pop-up

Erro: Assim como spam, pop-ups (aquelas janelinhas que abrem automaticamente quando você entra em algum site) estão tentando te vender algo ou te enviar alguma coisa. Uma parte desses pop-ups são apenas propagandas mesmo, mas tem uma boa parte que são links para site que contém vírus. O problema é que ainda tem muita gente que clica neles.

Dica: Sempre que aparecer um pop-up “estranho”, clique no X para fechar essa janela. Normalmente o X está no canto direito superior da janela. Preste atenção se esse X é mesmo da janela, pois tem alguns pop-ups que simulam uma ocorrência do sistema e induzem que você clique em botões que na verdade são links para outros sites. O melhor é ativar no seu navegador o bloqueio de pop-up. Veja como se faz para: internet explorer e firefox.

6 – Não confie na segurança de seu navegador

Erro: Pessoas assumem que seus navegadores, como vêm com seu computador e possui diversos recursos de  segurança, são perfeitamente seguros. O que não é verdade.

Dica: Use um navegador mais seguro como o Firefox ou Opera, e faça as atualizações de segurança com freqüência.

7 – Não baixe softwares gratuitos, a menos que o site seja confiável

Erro: Pessoas encontram um novo programa legal ou baixa algo que acham ser um programa seguro de sites não confiáveis, que nunca ouviram falar dele. Cuidado, isso pode ser um malware.

Dica: Se você quer baixar um determinado programa, vá a sites que oferecem diversos softwares para downloads (tais como: Censanet Downloads, Superdowanloads, Baixaki,Cnet) e verifique a existência dele. Se o programa estiver em alguns desses sites, aproveite baixe ele de lá mesmo.

8 – Não deixe seus softwares de segurança desatualizados

Erro: Muitas pessoas fazem a coisa certa em adquirir um anti-vírus e programas contra spywares, mas mantém eles desatualizados e/ou nunca fazem uma checagem completa do sistema.

Dica: Verifique se no seu software está configurado para realizar as atualizações automaticamente e se foi agendado uma rotina de verificação completa do sistema em busca desses males.

9 – Não use sempre a mesma senha

Erro: Se você usar a mesma senha em todas as suas contas na internet, deve ter em mente que pode ficar vulnerável a alguém descobrir ela e acabar tendo acesso a todas essas contas. As vezes até um simples acesso a um site pequeno de menor expressão e consequentemente, na maioria das vezes, menos seguro, pode lhe causar um problema grande já que a senha que você usou é a mesma de seu e-mail pessoal, por exemplo.

Dica: Tente variar suas senhas, mesmo que seja mais trabalhoso ficar lembrando quem é quem. Tente utilizar combinações de letras, números e pontuação para facilitar. É melhor também que você utilize o recurso “esqueci minha senha” (presente na maioria dos sites), do que você correr o risco com senhas iguais.

10 – Não escreva informações pessoais em sites públicos

Erro: Achar que pode confiar em alguém nesses sites de relacionamentos ou forums, postando dados pessoais. Se você acha que suas configurações quanto a privacidade estão te protegendo, tome cuidado! Sempre existe o perigo de roubo de identidade.

Dica: Evite essa prática! Até porque você já deve ter ouvido diversas histórias sobre esse problema. Se você realmente precisa enviar tais informações, certifique-se que suas configurações de privacidade estão bem feitas, fornecendo máxima proteção.

11 – Não transmita dados pessoais em redes Wi-fi públicas

Erro: Você está trabalhando em seu computador pessoal, que ninguém mais tem acesso a ele, conectado a uma rede Wi-Fi pública, e se sente totalmente seguro. Infelizmente, hackers podem interceptar qualquer coisa que você esteja fazendo na internet (especialmente se ele está próximo a você).

Dica: Aumente o nível de proteção de seu firewall do que normalmente você utiliza. Procure também não ficar logado enquanto você não esteja utilizando o computador. De qualquer forma, é sempre bom evitar transmitir dados financeiros e pessoais quando conectado à esses tipos de redes.

12 – Não confie em alguém que você não conheça pessoalmente

Erro: Você tem trocado e-mails com alguém para marcar um encontro, ou para fazer algum tipo de acordo, e você começa a acreditar nessa pessoa mesmo não tendo nem idéia de quem ela seja.

Dica: Não é novidade nenhuma que isso ocorre com freqüência, tanto que vemos a cada dia que passa notícias nos jornais sobre esse problema. Se você está comprando algo de alguém via esses sites de negócios na internet, como o mercado livre por exemplo, certifique-se que o vendedor tem uma boa pontuação em relação à suas vendas passadas e siga a política de segurança do próprio site. Tanto nesses casos, quanto em casos que não possuam intermediários, procure não utilizar o cartão de crédito como forma de pagamento, pois ele podem ser facilmente raqueados. Já em relação à relacionamentos, tome cuidado! Nesses casos, a dica é procurar marcar um encontro em locais públicos antes. Porém, geralmente esses tipos de encontros são arriscados, principalmente por questões de roubo e outros crimes que estão relacionados a essa questão.

Fonte: switched

Um comentário sobre “12 coisas que você não deve fazer na internet

  1. Queria que tirasse minha dúvida à respeito,porque não se deve dizer o número celular a desconhecidos da net,ou seja,aprofundar mais na questão de dados pessoai,bate papo virtual e me enviar ao email quando publicaresse texto desde já agradeço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *